O Aprendiz: Candidatos organizam roteiro para turistas em Paraty e Petrópolis

Deficiente Online :DeficienteOnline.com.br Currículo e Vagas para profissionais com deficiência.

TAGS:
O Aprendiz: Candidatos organizam roteiro para turistas em Paraty e Petrópolis, inclusão, curriculos, empregos, vagas, lei, contratação, deficientes, pessoas com deficiência, mercado de trabalho, multa de empresa que não cumpre lei de cotas, lei de cotas 8213

No 13º episódio do programa, canditados organizaram roteiros turísticos envolvendo deficientes visuais, físicos, idosos, e outros
No episódio desta terça-feira, dia 17, os cinco homens que ainda continuam na disputa do Aprendiz 5 O Sócio terão uma difícil tarefa pela frente. Eles deverão organizar o programa e o roteiro de um dia de lazer e turismo para um grupo de 10 pessoas em duas cidades do Estado do Rio de Janeiro: Paraty e Petrópolis. Entre os 10 turistas, farão parte de cada grupo um deficiente visual e outro físico, um estrangeiro que não fala português, um casal de idosos e um casal com uma criança de colo. Cada grupo terá o mesmo nível de dificuldades na prova e deverá criar soluções para recepcionar da melhor forma todos os públicos. A tarefa exigirá planejamento e bom atendimento e recepção aos turistas.

Como recompensa, a equipe vencedora vai desfrutar de um belo passeio pelo Rio de Janeiro.
( www.rederecord.com.br/programas/aprendiz5)

13º Episódio
No episódio anterior, o insucesso da administração de um restaurante japonês pela equipe Masters e a inexpressiva liderança de Maura fizeram com que ela deixasse o programa. Sandra, companheira de equipe, não concordou com Roberto Justus e o desafiou. Justus a demitiu.

Agora são cinco candidatos na disputa.

O apresentador vai até a suíte do Hilton para fazer o anúncio da décima segunda tarefa. Primeiro pede para ser formada uma nova equipe Masters, que depois da última sala de reunião, só tem Henrique como integrante. Danilo se oferece para juntar-se a ele.

O turismo é o tema desta prova e a disputa é qual das equipes vai preparar um melhor receptivo para um grupo de dez pessoas. Paraty e Petrópolis, no Estado do Rio de Janeiro, são as cidades que receberão os aprendizes e os turistas. A Foccos escolhe a cidade praiana de Paraty.

Para a surpresa das duas equipes competidoras, os grupos visitantes destas cidades fluminenses têm algumas peculiaridades. Em cada um deles, há um deficiente visual, um com dificuldade de locomoção, um japonês sem o domínio da língua portuguesa, além de um casal de idoso e um casal com criança de colo.

Nos preparativos para o receptivo, a Foccos acredita que o importante é personalizar o atendimento. Eles ligam para os turistas para saber o perfil deles e descobrem que uma delas é cega. Outra estratégia da equipe para agradar os turistas é presenteá-los com um kit contendo souvenir da cidade, além de um DVD com as imagens da viagem. Além disso, o passeio na mata para conhecer as belezas naturais de Paraty terminou com um brinde com champagne em um restaurante.

Masters organiza pacotes temáticos com direito à visita ao museu da cidade, passeio de charrete e um jantar ao som de uma orquestra de cordas. Durante os "ajustes" das atrações para os turistas, Henrique e Danilo se deparam com o problema das autorizações de gravação de imagem, porque os responsáveis pelo restaurante recusam e não permitem a realização do evento. Eles têm o mesmo problema com os músicos que se apresentam no jantar, mas estes optam por fazer o show.

Para Roberto Justus e seus conselheiros, as duas equipes tiveram uma boa estrutura de logística turística, mas a Foccos campeã teve um maior envolvimento com os passageiros. Hugo, Daniel Stephens e Clodoaldo curtem o Rio de Janeiro, a cidade maravilhosa, com direito a vários passeios turísticos, um vôo panorâmico de helicóptero, vôo de asa delta e jantar no iate Pink Fleet.

Henrique e Danilo passam a ser questionados por Roberto Justus na sala de reunião. Cada um deles aponta as qualidades e defeitos de um e do outro. Justus ainda sem a decisão tomada de quem deixará o programa, pede para que os candidatos falem sobre projetos para o futuro. Henrique mostra um plano empreendedor megalomaníaco, enquanto Danilo mostra um desejo limitado, segundo o apresentador, o de se aposentar. Pensando em quem tem o perfil mais adequado para ser seu sócio, Roberto Justus demite Danilo.

De volta para casa, Danilo chora no táxi e diz que evoluiu profissionalmente no Aprendiz 5 O Sócio.

¤

imprimir voltar



publicidade
publicidade
deficienteonline.com.br
Curta o DeficienteOnline.com.br no facebook.+DeficienteOnline.com.brSiga o DeficienteOnline.com.br no LinkedIn.Siga o DeficienteOnline.com.br no twitter.